sexta-feira, 9 de outubro de 2009

A Pilula Vermelha... uma relfexão!


Creio que todos nós já assistimos o filme campeão em bilheteria e inovação em efeitos especiais, Matrix. Se você ainda não assistiu, vale a pena conferir!

Mas não estamos aqui pra falar de filmes e cinema, mas sim de fatos que mexem conosco, e de certa forma, venha nos edificar ou despertar para muitas evidências que não vemos, ou fingimos não ver.

Pois bem, no filme que mencionei, temos uma estória completamente futurista, que gira em torno de um mundo chamado Matrix, onde tudo, pra resumir, de certa forma é um sistema. No enredo do filme, têm um personagem, chamado Neo, que é o escolhido para desvendar uma série de fatores pertinentes a este sistema, e assim lutar e vencer tudo o que for necessário para quebrar tal sistema. Se você já assistiu o filme, deve estar notando que sou péssimo para descrever ou resumir estórias de filmes, mas vamos ao ponto que interessa.

O lance interessante destes filmes de ficção, é que sempre abordam temas ao extremo da coisa real. E em partes, tais filmes nos envolvem de tal forma, que por um dado momento em que estamos assistindo, começamos a imaginar: “caraca, e se isso realmente acontecesse...” e por ai vai.

O filme Matrix coloca questões como: e se tudo o que você vive, não passasse de um sistema implantado anos luz antes de você pensar em existir e sendo assim, tudo não passa de uma “farsa”.E quer saber: pouco desta retórica do filme, é verdade.

Pense: o que realmente garante que tudo que você aprendeu com seus pais, que tudo que você aprendeu com seus pastores, e que tudo que você professa por sua fé, no sentido de religião é uma verdade absoluta, como a bíblia é?

Entenda minha pergunta, porque muitas pessoas que as vezes lêem o que escrevo, não analisam bem o que lêem e interpretam mal, mas o que quero dizer é: cada vez mais temos pessoas dentro das igrejas, fazendo coisas que na verdade fazem porque aprenderam da forma que fazem, e fazem cada vez mais inconscientemente. Temos cada vez mais “cristãos não cristãos”, ou seja, pessoas que se declaram cristãs, mas não lêem suas bíblias diariamente, não contestam o que esta sendo dito em cima dos púlpitos com o que esta escrito na palavra, e a conseqüência de tudo isso é: teologia da prosperidade, emocionalismo “pentecostal”, shows gospel que não têm nada de gospel, “arenas” gospel (um lixo de cópia de boate mundana com sons cristãos), e o pior de tudo isso, é cada dia mais freqüente a multidão que segue e usa a droga chamada religião!

“Você está errado Fábio, esta julgando, você é joio, você não estudou teologia e nem conhece sobre os reformadores e já se acha um revolucionário... você vai pagar caro pelas heresias que está escrevendo...”, este foi um comentário que recebi, de mais um adepto e escravo deste sistema religioso.

Se têm alguém que pagará caro por tudo, este alguém serão as pessoas que sabem e conhecem, mas não ensinam o que é para ser ensinado, negligenciando a verdade absoluta pela qual mártires, reformadores e avivalistas deram suas vidas!


Mas seja honesto consigo mesmo: quando foi a última vez que você realmente se auto questionou sobre as coisas que você têm como verdades absolutas? Quando foi a última vez que você, e Cristo, em uma intima comunhão de oração e palavra, foi buscar confirmação do que você diz crer? Quando foi, que você não foi influenciado por uma onda de pessoas que vestem a mesma camisa e saem as ruas numa marcha, mas nem se quer vivem ou morrem pelo nome que usam na camisa?

Quando foi? Eu não estou lhe incentivando a se rebelar contra seu pastor ou igreja, mas, eu lhe incentivo a depender mais de Cristo do que homens. Eu lhe incentivo a olhar mais para bíblia e confrontá-la na sua vida, do que se espelhar as vezes no que todos dizem ser e estar certo. E se a pessoa a qual você se espelha e faz as coisas porque ela diz ser a verdade, no dia do juízo estiver errada?

Por que tais questionamentos? A resposta é simples: porque temos uma multidão que dizem as velhas e mesmas frases glichês evangélicas, mas não mostram tais frases na prática de suas vidas diárias!

É neste ponto, que voltamos ao filme Matriz: em um dado momento do filme, Morpheus, um personagem que direciona, treina e acompanha Neo nesta trajetória, oferece à Neo duas pílulas: uma azul e outra vermelha. A azul faria com que Neo continuasse a aceitar e acreditar na “falsa verdade” do sistema pelo qual ele dizia crer. Já a pílula vermelha, lhe abriria os olhos sobre tudo o que se passava por de trás do sistema.

Eu confesso a vocês que particularmente eu não curto muito Matrix, mas esta cena chama a atenção para uma realidade existente hoje. Temos as mesmas duas pílulas a nosso alcance: uma, a azul, chama-se CONFORMISMO. Você entra para uma igreja, e isto é excelente, é benção para a vida de todos, e sabemos que é, até um certo ponto. Ponto este que você começa a se deparar com o fato de que nem tudo o que se canta, é o que se vive. Nem tudo o que se prega é o que acontece... mas amém, todos estão lá, e todos provavelmente irão para o céu, e você é novo demais para questionar, e se questionar talvez seja visto como rebelde, eeee, eee ,eee por ai vai!

Mas um dado momento é nos oferecido a pílula vermelha, ou seja, a VERDADE. A chance, talvez única, de mergulhar de cabeça na VERDADE, nada além da VERDADE!


O fato é que se você optar por tomar esta pílula, seus olhos se abrirão, e provavelmente você não se conformará mais com tudo que parece ser tão normal, tão natural, mas ninguém vê que a verdade está aos nossos olhos, mas somos cegos por causa da pílula azul!

O primeiro problema é que uma vez tomada esta pílula, você nunca mais poderá voltar ou olhar pra trás, e ser como a maioria é, e como você foi um dia.

Vamos a pílula vermelha:


"E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.”

João 8:32


Hei, este versículo eu sei de cor. Este é o problema: a maioria dos versos da palavra que mais conhecemos, são os que menos vemos em prática na nossa vida, na igreja, e acredite: nos púlpitos!

Já vi pessoas declararem que eu odeio a igreja, que sou herege, e por ai vai... o fato é que amo a igreja, mas a igreja de Cristo, cujo Cristo é o cabeça e nós membros. Não a maioria das igreja cujo dono é o pastor local, e o que ele fala, o que ele decide ta decidido, porque ele é o anjo da igreja (e lá vamos nós para outra frase glichê).Não questiono a autoridade dos pastores e nem tenho o direito de fazer isso. Conheço pastores que realmente só homens de Deus, que têm uma vida plenamente dedicada a obra, não só aqui na minha cidade como Brasil a fora. Mas digo a você: minoria!

Como também conheço jovens doidos por Jesus, adolescentes que se necessário dão suas vidas pelo Evangelho, mas te digo: a minoria!

O fato é que cada dia mais, pessoas fazem coisas por fazer nas igrejas; cada dia mais, tudo se torna hábito, comprovando a existência de um sistema religioso, semelhante aos fariseus e escribas, semelhante ao clero instituído pela igreja romana do ano 390 D.C. em diante, só reforçando uma evidência: “não existe novas heresias na igreja...existe apenas as mesmas velhas heresias, vestidas com novas roupas”. Por que talvez você não tenha notado esta evidência? Te digo: pílula azul, não querem que você abra seus olhos e perceba que boa parte de tudo que acontece dentro das igrejas é um jugo religioso, como no tempo da lei, como no tempo da igreja romana.


E isso só prova que nós consideramos mais fácil viver sob o jugo de leis religiosas (como no antigo testamento), do que vivermos e desfrutarmos de algo chamado GRAÇA.

Já sei, você está pensando que “aqui estou eu pegando pesado novamente.” O fato é que eu, amigos meus, pastores que conheço, entre outros ( que sempre são minoria), não pegamos pesado, simplesmente falamos e escrevemos a verdade, que é o que mais falta na maior parte da mentalidade cristã atual, e esta verdade aqui neste papo chama-se pílula vermelha!

É triste quando estudamos a história dos mártires, dos avivalistas históricos, e vemos o sangue derramado ou a vida dedicada pela VERDADE, e hoje, vemos cada vez mais entretenimento em vez de verdades absolutas. Movimentos emocionalistas, congressos e conferências que na maioria das vezes não trazem frutos de edificação e maturidade cristã aos que participam.

Certa revista da mídia nacional declarou que os evangélicos até 2010 somarão cerca de 23% à 25% da galera no Brasil, número jamais visto em toda história. Talvez isto seja motivo para você se alegrar, se orgulhar ou coisa do tipo. Mas o fato é que se os evangélicos tecnicamente conhecem a verdade, espera-se então que sejam luz e sal desta terra, certo?

E se você cozinha (coisa que eu não faço nada bem,rs) você sabe,que ao preparar qualquer prato, digamos, um arroz básico, se você acrescentar 20% à 25% de sal, é o suficiente para ninguém comer nenhuma colher, pois, salgará tudo. Então, se chegaremos a tal número ano que vêm, porquê razão o país continua do mesmo jeito? Por que os números de violência, adultério, divórcio, gravidez na adolescência, abortos, não baixam?

Aliás, 52% dos jovens evangélicos que namoram na igreja, tem suas vidas sexualmente ativas, sendo que o sexo é para o casamento e a cada 3 casamentos evangélicos, 1 acaba em divórcio em menos de 5 anos. Mas o papo de hoje não é sobre moralidade sexual ou preparação para o casamento.


Me responda, por favor, por que nossa nação não sente na prática a evidência desta estatística quantitativa?

Te digo: é quantitativa, nunca foi qualitativa!

Ano após ano, as Marchas pra “Gezuis” aumentam em número de participantes, e eu não serei hipócrita, eu já participei de 2 marchas em São Paulo (capital) anos atrás, e uma em minha cidade em 2008, acreditando que tal movimento pudesse trazer grandes resultados ao reino. Como fui ignorante em sonhar alto. Movimentos como estes, até fazem pessoas conhecerem o nome de Jesus, mas resultado na prática, NÃO! Tudo não passa de movimento, agitação, por que? Pílula azul, um sistema que faz as pessoas crerem que dará resultado, e dá, para os organizadores do evento terem uma boa aceitação no meio de seu público, e atraírem pessoas para suas igrejas, para na maioria das vezes torná-las adeptas de seus sistemas, e por ai vamos nós contar toda a historinha da religiosidade atuante no meio gospel novamente.

Creio sim em evangelismo em massa, mas tudo com propósitos, tudo com oração, jejum, quebrantamento e direcionado por Deus.


Quando olho para Savonarola, John Wycliffe , John Huss, Lutero,Zuínglio, Calvino, John Knox, John Wesley, Gerorge Wtihfield, Jonatas Eduwards, David Brainerd, e tantos outros avivalistas e mártires que poderia mencionar por parágrafos e mais parágrafos, não os vejo buscando grandes movimentos, não os vejo buscando “shows” emocionais para e sobre o povo, não os vejo buscando glória, reconhecimento ou fama, não os vejo falando sobre bens materiais ou dinheiro. Quando olho para vida destes poucos que mencionei e de tantos outros que conheço, vejo uma evidência em comum: a oração, e uma conseqüência em comum: a VERDADE a qualquer custo, inclusive suas vidas!

Com certeza, não existiu uma pílula vermelha que todos eles tomassem, mas, a VERDADE sempre esteve presente em suas vidas até seus momentos finais:


“ Não usarei outro barrete senão o de mártir, envermelhado pelo meu próprio sangue” (pela verdade) – Jerônimo Savonarola


“No fim de tudo, a verdade triunfará...” - John Wycliffe

"Estou preparado para morrer na Verdade do Evangelho que ensinei e escrevi" – John Huss


“ Paz se possível, mas a verdade a qualquer preço...” “Se eu tivesse mil cabeças, preferiria que todas fossem cortadas, do que vir a retratar-me” – Lutero

“E, quanto a verdade, não podemos abandoná-la, mesmo que isso implique na perda de nossa vida, pois não vivemos para esta geração, nem para os príncipes, mas para o Senhor.” – Zuínglio


“Não há nada que Satanás mais tente fazer do que levantar névoas para obscurecer Cristo; pois ele sabe que dessa forma o caminho está aberto para todo tipo de falsidade. Assim, o único meio de manter e também restaurar a doutrina pura e colocar Cristo diante de nossos olhos, exatamente como ele é, com todas as Suas bênçãos, para que Seu poder possa ser verdadeiramente percebido" - João Calvino


"Eu não me submeto a leis ao interpretar a palavra de Deus". John Knox

“É necessário que tenhais o ouvido que ouve e o olho que vê... Que tenhais uma nova espécie de sentidos aberta em vossa alma, dependendo não de órgãos de carne e sangue para serem as evidências das coisas invisíveis como vossos sentidos corpóreos são das coisas visíveis, para serem avenidas ao mundo invisível... E até que tenhais esses sentidos internos, até que os olhos do vosso entendimento estejam abertos, não podereis aprender as coisas divinas, visto que a vossa razão não tem solo onde se firmar, nem dados sobre os quais trabalhar." – John Wesley


"Estou persuadido de que quase todos os pregadores falam de um Cristo que não conhecem e não sentem. Muitas congregações estão mortas porque homens mortos estão pregando a elas" - George Whitefield


Poderia continuar mencionando tantas outras frases marcantes de personagens ilustres da história do cristianismo, mas irei finalizar com a frase de um autor que tenho lido ultimamente:


“Se Jesus tivesses pregado o que os ministros pregam hoje Ele jamais teria sido crucificado.” – Leonard Ravenhill


Tais frases só reforçam o que estou tentando transmitir com este papo: sempre existiu um sistema tentando encobrir a autêntica VERDADE e o Evangelho de forma pura, e este sistema não acabou, ele têm perpetuado ano após ano, você não pode ver isto?

Sei que após ter lido tudo isso, você terá uma de duas possíveis reações: ou está irado com as verdades (que você julga ser mentiras) escritas acima, e continua com sua língua azul de consumir esta pílula que deixa a maioria cegos.

Ou você compreende que nos é necessário uma atitude mínima que seja, de prestar mais atenção a tudo o que têm sido propagado no meio “gospel”, nas reuniões, nos programas dos “tele pastores”, nos movimentos jovens que são marcados em sua cidade.

Experimente a pílula da verdade, e não tenha medo e deixar esta verdade fazer parte de sua vida a qualquer custo.

Se existe algo que não temo mais, é a reação das pessoas quanto as verdades que tenho falado, escrito e que falarei e escreverei cada dia mais, como disse este mesmo autor que mencionei acima (Leonard Ravenhill): “Se desagradarmos a Deus, não importa a quem vamos agradar. E se agradarmos a Deus, não importa a quem vamos desagradar.”

Na verdade, o presente autor só idealizou o conceito que tantos viveram e vivem: a verdade a qualquer preço, e a vontade de Deus acima de tudo!

Precisamos voltar para o evangelho puro e simples, sem mais acréscimos. A verdade, nada além da verdade, e desfrutarmos através desta verdade a Graça de Deus, não procurarmos leis e jugo para vestirmos como mochilas e fardos pesados...


Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão.”

Gálatas 5:01


...E o resto do capitulo 5 de Gálatas, Paulo discute sobre a circuncisão (lei) e a incircuncisão (graça), que em outras palavras, têm tudo haver com o nosso papo.

Para finalizar, começamos e elaboramos este papo comentando sobre a tal cena das pílulas no filme Matrix. O interessante é que exatamente nesta cena, fizeram uma adaptação para abordar o “sistema religioso”, em um vídeo cujo titulo é “Matrix Cristão”.

Não é heresia ou sátira, mas, é exatamente o que mencionamos nas palavras acima, e esta adaptação fez com que eu trouxesse o título do papo deste mês.

Por isso, após ter lido tudo isto, decida qual pílula você irá experimentar, mas lembre-se que ambas trarão uma conseqüência eterna: um vicio de um sistema religioso, ou a liberdade através da verdade por uma vida com um propósito.



Se você teme ser infeliz ou odiado e perseguido por optar pela Verdade, que Deus possa lhe encorajar a se libertar deste sistema que têm acorrentado vidas, a um único destino: Inferno!


"Entre a felicidade e a verdade, eu prefiro a verdade, pois, somente a verdade me trará a plena felicidade durante a eternidade...” AW Toozer


Que Deus vos abençoe cada dia mais!

Um forte Abraço.

Fábio B.Assis

3 comentários:

johndiegon disse...

Querido Fabio,
apesar dos papas da igreja olharem para nós como héreges, não se esqueça que Jesus Cristo é o nosso advogado, salvador, pai, companheiro, consolador.
Na nossa luta vamos produzir, vamos abençoar o reino, vamos arrancar um sorriso de Cristo.
junto eu "Estou dispoto a pagar o preço mais alto por uma reforma, meu sangue derramado em terras estranhas" By John Diego

johndiegon disse...

Eclesiastes 1:18 Porque na muita sabedoria há muito enfado; e o que aumenta em conhecimento, aumenta em dor.

mary disse...

Amado Irmao...que a cada dia Deus venha te fazer triunfar nesta peleja...Deus é contigo...Avante!
Estamos com voce nessa Batalha!!!

Samuel Chadwick: “A pior maldição que um povo pode sofrer é ter uma religião movida à base de mera emoção e sensacionalismo. A ausência de realidade espiritual já é trágica; mas o aumento da falsa espiritualidade é pecado mortal”.

Samuel Chadwick: “A verdade sem entusiasmo, a moralidade sem emoção e o ritual vazio de realidade são coisas que Cristo condena severamente. Sem fervor espiritual, elas não passam de uma filosofia ímpia, um sistema ético ou de mera superstição”.

Abraços

M@ry

Sociable

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...