quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Feliz Natal? *Parte 1*

Feliz Natal???

Dezembro, tão esperado e corrido dezembro!!! Mês em que aparentemente todos nós ficamos mais felizes, mais sensíveis, mais humanos.Mês em que chovem confraternizações e até união entre aqueles que não se identificam muito... será isso mesmo???Será que tudo isso ocorre porque é Natal? Porque nossas ruas e casas se enfeitam com luzes coloridas e “presépios”???Quer saber o que eu realmente vejo em tudo isso?? Uma só palavra: FALSIDADE! Ou talvez uma só frase: INVERSÃO DE VALORES!!!Será que a frase da moda é realmente “Feliz Natal”??? O que temos de Feliz sendo que o que estamos curtindo ou vivendo passa longe do real sentido do Natal???Você já esqueceu de um aniversário de alguém importante pra você? Ou já esqueceu o nome de alguém que te ama muito?!!! Digo isso porque todos os anos, nos esquecemos do real sentido do natal, quando não demonstramos atitudes que venham a comprovar que nós realmente nos importamos com este sentido!
Superficialmente criado como uma data de um mês, o natal seria para simbolizar o nascimento de Cristo. Mas não simbolizar apenas como uma data, como a data da Independência ou do descobrimento de um pais, mas para transformar este símbolo em prática e fazer com que Cristo realmente viva em cada um de nós; e uma vez que Cristo vive em nós, automaticamente damos frutos, e frutos demonstram atitudes: Santidade, Amor, Compromisso e uma lista, não de presentes de natal, mas de mil e uma outras atitudes de um verdadeiro cristão.

Como comemorar o nascimento de alguém que mal estamos interessados em realmente conhecer, ou conviver com este alguém?E este alguém é nada mais nada menos que JESUS!

Sabe, durante muitos anos da minha vida fui um cara que pratiquei livremente o aborto, isso porque todo natal, me “transformava” em um cara bom e legal, porque achava que era a época de Cristo nascer em mim.Era só virar o ano, e eu começava a curtir a mesma lama e sujeira que curtia, e com isso, abortava “o Jesus” que dizia ter nascido em mim no natal anterior...e blá blá blá!!!

E ainda temos a cara de pau de dizer “feliz natal daqui” “feliz natal dali”... em outras palavras: “feliz nascimento de Cristo em ti, e ótimo aborto após o dia 25 de dezembro!”

Até quando vamos curtir o natal como uma data comercial, onde muitos enchem a cara, outros trocam presentes, mas todos continuam sem dizer um “obrigado Jesus”, porque se existe natal é por sua causa???!!!

Vamos dividir este papo do mês em 3 partes, só falando sobre NATAL!!! E com apenas um versículo chave, e ae vai:


“Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, em que foi instruído...”
Is. 29:13


Qual o verdadeiro sentido do Natal pra você??? E se realmente há um sentido, quais são as conseqüências que este sentido traz para sua vida?? Quanto tempo esta conseqüência dura: uma semana, um mês, 365 dias até o próximo natal???
Vamos acordar!!! Até quando vamos ficar brincando de trocar presentinhos de natal e dar créditos a um gordo chamado papai noel, enquanto o sentido da data é mais que amigos secretos, mas um amigo fiel e verdadeiro que deu sua vida por nós.
Precisamos deixar em segundo lugar o lance comercial da data, os presentes, as festas, e de uma vez por todas priorizar o real sentido do Natal, que é deixar Cristo habitar em nós.O Natal só estará completo se cada um de nós permitir que Jesus realmente venha a nascer e viver em nós. E te digo: como é difícil deixar Jesus viver em nós, pois, uma vez que Ele habita em nós, o velho homem tem que sair, ou seja, devemos negar a nós mesmos, nossos desejos, nossas vontades! E ae, quer realmente viver o real sentido do natal? Se sua resposta é SIM, comece a matar esses desejos agora!

Não há como deixar Jesus nascer ou viver onde há raízes de imundices!! Pecadores, sim, sempre seremos (Rm 3:23) e é justamente por isso que precisamos busca-lo cada dia mais, para que Ele nos dê forças para vencer nossas fraquezas para que um dia venhamos a viver eternamente com Ele.
Quero deixar claro aqui, que não tenho absolutamente nada contra a o Natal em si, pelo contrário, amo ver minha família e amigos reunidos todos os anos, mas se nós não entendermos e colocarmos em prática o real sentido do natal, de nada adianta!
O grande problema é que todos os anos sempre são iguais: curtimos a data, comemos muito, assistimos os mesmos teatros ou cantatas de natal e blá blá blá.Mal começa um novo ano, e estamos na mesma, com os mesmos pecados, os mesmos erros e curtindo esses pecados e erros.Somos ótimos atores de peças de natal, mas o natal acaba e continuamos fazendo dele apenas um teatro em nossas vidas.
Desculpe-me se estou sendo duro demais nesta primeira parte do nosso papo sobre natal, mas é algo que Deus têm tratado comigo e é a mais pura verdade!
Se Natal simboliza nascimento de Cristo, e nascimento simboliza vida, nova vida, a pergunta é: estou realmente permitindo que Cristo viva em mim?
Se realmente estamos permitindo que Cristo viva em nós, a primeira atitude a termos é SANTIDADE: “Sede santos, porque Eu sou santo...” (I Pe 1:16). Ou seja,se Cristo vive em você, você têm que tentar ser igual a Ele, e a uma de suas principais características é a Santidade!!!Devemos ser imitadores do Senhor (Ef 5:01).
Por isso iniciei o papo desta semana afirmando que natal pra mim é sinônimo de “inversão de valores” ou “falsidade”, porque hoje, se prioriza mais as festas, a curtição, o comércio, os mesmos teatros e cantatas de natal, do que o nascimento de Cristo em nós.Isso porque deixar Jesus nascer e viver em nós, não é pra qualquer um, pois, alto é o preço a se pagar, a começar da Santidade, que significa estar separado do mundo!
Li esta semana uma frase de um pastor que expressa bem o objetivo desta data:“Num tempo de injustiça, corrupção, vazio espiritual e miséria, vem a desconcertante resposta de Deus: Ele envia um menino.O grande sinal de amor de um Deus que se importa e que naco abandona a criação” - frase de Pr.Osmar Lucdovico.
Que possamos refletir melhor sobre o real sentido do natal, mas que seja uma reflexão ativa que traga resultados radicais, para jovens radicais! Jovens que realmente desejam que Jesus venha a nascer em suas vidas, em suas atitudes, em seus dias!
Desafio você a viver talvez pela primeira vez na sua história de vida, um Natal Radical, onde o centro desta época venha a ser Jesus Cristo pulsando em seu coração...e que ao passar esta época, o natal não venha a ser uma data que se foi, mas um marco de quando você realmente confirmou um desejo de ser diferente para uma geração diferente que Ele está levantando, uma Geração Radical em Santidade!!!

Até a segunda parte do nosso papo... venham preparados, pois este papo é só Radical é só para quem realmente têm o desejo de ser Radical em Santidade

Um fore Abraço!

Fábio B.Assis.


Nenhum comentário:

Sociable

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...